terça-feira, 23 de novembro de 2010

Complicada

Oi pessoal!
Andei bem sumida e preocupada,agora que tenho seguidores eu tenho que postar né?
Mas está bem dificil,o PAS ta ai,eu tenho que estudar.
E hoje eu tava dando uma olhada em letras de musicas , eu achei uma letra bem legal,acho que tem tudo a ver comigo.
Mulheres,temos que admitir que somos muito complicadas e difíceis de lidar, mas vamos combinar que esse é o nosso charme né?
Homens,compreendam:somos assim e não vamos mudar!

Ai vai a letra da musica

Quando deixar de exigir o meu amor
Aí sim
Posso ser livre pra te amar
Você quer que eu fique
Mas preciso ir
Quero me decidir
Se é cedo ou tarde
Pra ficar aqui
Quando não implorar mais meu amor
Talvez eu sinta falta e corra atrás
Eu sei
Pareço confusa demais
Corro o risco de perder
Mesmo querendo
Não dou o braço a torcer
Refrão:
Nem eu mesma entendo porque
Faço coisas sem pensar, sem querer
Amo tanto e não consigo dizer
Sou teimosa mas queria não ser
Nem eu mesma entendo por que
Faço coisas sem pensar, sem querer
Sou teimosa mas queria não ser
Complicada demais pra você
Pra você
Eu brigo, Fujo e corro pro meu quarto
Mas não disfarço bem
Quando me afasto
Do seu amor eu sou refém
Quando não implorar mais meu amor
Talvez eu sinta falta e corra atrás
Eu sei pareço confusa demais
Corro o risco de perder
Mesmo querendo não dou o braço a torcer
Nem eu mesma entendo porque
Faço coisas sem pensar, sem querer
Amo tanto e não consigo dizer
Sou teimosa mas queria não ser
Nem eu mesma entendo por que
Faço coisas sem pensar, sem querer
Sou teimosa mas queria não ser
Complicada demais pra você
Pra você
                       Laryh's


eu gostei bastante da letra,não tive a oportunidade de escutar ainda,mas a letra gostei bastante.

Nossa o post de hoje foi bem chato,mas eu prometo que vou postar coisas bem legais.

Beeijos mil
sábado, 6 de novembro de 2010

Agradecimentos e + ...

Olá pessoal ,
Ante de mais nada eu queria agradecer a todos os que estão seguindo o blog , chegamos a 12 seguidores \o/ e eu estou muito feliz e espero poder chegar em muuito mais!
Quero agradecer também aos meus visitantes internacionais (acreditem , eles existem) por estarem por aqui , estou me sentindo muito feliz com a visita!
Continuem lendo o blog pessoal!
e o post de hoje é mais um texto meu:


Brasilia, 02 de janeiro de 2060
   Eu nunca fui o tipo de garota popular, sempre calada e sozinha os livros eram meus unicos amigos...
  Qual era o significado daquela vida sem graça que eu tinha?Desde pequena , sempre fui na minha e não era de fazer muitas amizades , e minha mãe se torturava com isso.Ela sonhava em ter uma filha cheia de amigas, que pedisse dinheiro para ir ao shopping e que implorasse para ir dormir na casa de uma amiga para uma festa do pijama. Essa era a filha ideal para ela e definitivamente eu não chegava nem perto daquilo.
 Quando tinha 4 anos ela me colocou na escola, eu olhava para todas aquelas meninas se divertindo umas com as outras , brincando de boneca , enquanto eu ficava num canto,sentada esperando dar a hora de minha mãe voltar.
  Enquanto fui crescendo , aquelas crianças começaram a me conhecer, e me julgaram uma menina estranha, concluindo: eu não tinha amigos.
  Quando finalmente aprendi a ler, encontrei minha unica companhia , os livros.Antes apenas me interessavam os que tinham duas frases em cada pagina , letras enormes e desenhos coloridos,mas com o tempo começei a me interessar por livros mais grossos,essa foi a minha infancia.
  E foram os livros que desencadearam meu destino.Era janeiro, eu estava de férias,as aulas só começariam em fevereiro.Como todas as férias,eu não tinha nada pra fazer além de visitar a familia.E como minha mãe sempre inventava coisas de ultima hora,dessa vez fomos passar o resto do mes na casa da minha avó.
  Lá eu também nada fazia,depois do almoço eu pegava meu livro e ia sentar embaixo de uma arvore que ficava um pouco afastada da arvore. Como em todo lugar, lá haviam adolescentes da minha idade que se divertiam.E nada melhor para eles do que rir um pouquinho da cara de uma menina que em plena tarde de férias , se senta para ler.Eles eram ridiculos e sem escrúpulos.
  Queriam tomar meu livro e eu não deixei...depois disso nada mais me lembro...Talvez se eu tivesse aproveitado a minha vida,se eu não tivesse me isolado do mundo nada teria acontecido.Mas eu cresci daquele jeito isolado e não aprendi a me defender do mundo.
   Abri meus olhos e vi minha mãe junto a mim na beira da cama,chorando.O que poderia estar acontecendo?Eu não sabia e nem medi esforços para saber,apenas fechei meus olhos novamente.
             Meu nome é Manuela e morri a 50 anos atras...


Espero que tenham gostado!
Beeijinhos
 

Blog Template by YummyLolly.com