quinta-feira, 30 de junho de 2011

Apenas para mim


Esta noite, não pude dormir. Sentei-me na janela e observei a lua, ocupei-me a noite completa em meus pensamentos difíceis e pesados e isso foi um grande esforço para mim. Poderia estar cansada e desejar a minha cama, passar o dia inteiro dormindo, mas não! Levantei-me, não passei na frente de nenhum espelho, eu me senti perfeitamente bela! Olhei no meu armário, e tirei de lá meu tão esquecido salto alto, coloquei-o. Hoje eu descobri que posso ter o mundo apenas para mim, e que nada pode me causar dano. Eu compreendi que o medo já não é mais forte do que eu. Saí caminhando por entre as ruas, sentindo aquele vento forte, vendo as folhas deixando as árvores nuas e olhando os belos casais, aqueles que sempre me deprimiam, e dessa vez me senti contente por prestigiar cenas tão bonitas. Apesar de todo aquele frio, passei minhas mãos na água que jorrava da fonte do parque central, pareceu-me quente. Na verdade tudo parecia quente, acolhedor, percebi que finalmente me sentia parte desse mundo. Consegui rir de mim mesma e ver o quanto tinha mudado e não havia percebido. Consegui inspirar-me em meus poemas, em minhas musicas. Hoje foi um dia perfeito, me arrisquei sem medo de cair, senti o mundo apenas para mim.

Inspirado na música "Ella" - bebe  
Mil desculpas por demorar a postar, estava passando por uma crise de personalidade (que coisa mais clichê) e  não pude postar. Espero que consiga postar regularmente. Um abraço pessoal.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Blog Template by YummyLolly.com