segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

E o mundo comemora(ou não)

É bem provável que não.De todas as pessoas existentes no mundo,acho que pelo menos 1 milhão,comemoram o dia 10 de janeiro.Hoje,estão sendo completados 16 anos que eu estou no mundo.
Ok,e quem se interessa por isso?
Mas eu precisava dizer algumas palavras,discurso de aniversariante.
 Na verdade eu não gosto muito de aniversários,acho que quando eu era pequena eu gostava,mas na realidade eu nunca tive uma festa dos sonhos.Toda criança já sonhou com uma festa temática,daquelas que o bolo tem o desenho do seu personagem favorito e todos os seus amigos usam um chapeuzinho com um elástico na ponta para não cair da cabeça,eu sonhava muito com isso,mas com o passar dos anos fui me desapegando desse pequeno sonho infantil.Minha mãe nunca deixou passar em branco,eu sempre fiz alguma coisa diferente nessa data.Só que com o passar dos anos,meus sonhos começaram a ser outros, e então a grande festa começou a entrar na minha cabeça,a tão sonhada festa de 15 anos,que na verdade não existiu, e meus 15 anos só abriram as portas para eu continuar crescendo.E hoje eu estou fazendo 16 anos, e não sei porque eu estou chorando.Sim, chorando, não sei se é emoção ou tristeza.É estranho como uma data tão simples pode causar tantas mudanças em uma vida.É ruim lembrar que hoje eu não vou receber o telefonema do meu pai me dando os parabéns,apesar de que ele nunca lembrou, eu tinha esperanças de um dia receber esse telefonema,mas hoje não posso mais ter.Outro sonho intimo,era poder receber flores do meu namorado,e ele não existe,poder fazer uma festa pra dançar até o amanhecer,sentir o prazer de encher a cara e rir das pessoas que não estão se divertindo comigo, dentre outros,mas isso são sonhos de uma adolescente de 16 anos.Mas eu posso agradecer por poder sair com meus amigos e me divertir,sem nenhuma maldade pra estragar o pouquinho de inocência que ainda existe aqui,afinal, eu cresci, mas eu aprendi com isso. O tempo passou muito rápido,mas como eu gostaria de estar completando 6 anos,naquela época eu não tinha nada com o que me preocupar,a não ser pensar se eu ia ganhar a boneca tão esperada.Naquela época eu não conhecia o amor,eu não conhecia a dor.

Parabéns pra mim ((:

2 comentários:

FACCAO disse...

fikou mara

Érica Arruda disse...

*--* Obrigada

Postar um comentário

 

Blog Template by YummyLolly.com