domingo, 23 de janeiro de 2011

A morte

Eu sou tudo o que você pode imaginar, posso te fazer feliz assim como posso te fazer triste. Você nunca saberá onde estou e quando vou te visitar. Eu não sou do tipo que espera um convite para entrar em sua casa, pelo contrário, se deixar a porta aberta eu vou entrar e não vou avisar. Alguns tem medo de mim, outros já se tornaram meus amigos, mas não me leve a mal, esse é o meu trabalho, e é meu dever cumpri-lo! Mas quem vacila é você,posso te levar pros lugares mais bonitos, sem nenhum custo, quer dizer, com o maior custo que você pode pagar, mas vale a pena. O preço para ir para os lugares mais sombrios e demoniacos é maior ainda, você que escolhe, mas é um caminho sem volta. E esse preço é a vida! Eu sou a morte e é um desprazer conhecê-lo sem poder leva-lo.

1 comentários:

Igor Oliveira disse...

Muitos a temem... e outros pensam que ela seja o final...

mas e se for de fato?

quando estiver encarando-a... pense na vida que teve.

Tenha uma vida feliz... pq quando o final está a sua frente... vc naum vai querer q sua vida tenha sido uma total perda de tempo... ¬¬

leiam os comentarios... comentem tambem XD!...

Igor Oliveira Alves

Postar um comentário

 

Blog Template by YummyLolly.com